Visite o SPIN

sábado, 7 de janeiro de 2012

Clarice e Meryl, encontro de deusas

Por José Carlos Lima, no Luis Nassif Online

Cheguei a imaginar um grande cartaz de cinema com o rosto das duas, por sinal bem parecidas. Vivi, o que é bom dura pouco, dizem.



Do AEIOU Expresso, de Portugal

Cinema: Será Meryl Streep a fazer de Clarice Lispector? (vídeo)A atriz Meryl Streep terá sido convidada pelo argumentista norte-americano Benjamim Moser, biógrafo de Clarice Lispector, para protagonista num filme de Hollywood sobre a vida da escritora brasileira. (Veja vídeo no final do texto)

A vida de Clarice Lispector, jornalista e premiada escritora brasileira nascida na Ucrânia e falecida em 1977, vai ser contada num filme de Hollywood, tendo possivelmente Meryl Streep no papel principal.

De acordo com a imprensa brasileira, Meryl Street foi convidada e aceitou. O convite partiu do escritor e argumentista norte-americano Benjamin Moser, autor da mais completa biografia da autora de "Perto do Coração Selvagem". O biógrafo levou cinco anos a pesquisar a vida de Clarice Lispector, de quem a atriz se disse "fã".

O filme terá argumento do próprio Moser. Mas talvez por ainda não estarem definidos os termos do contrato com a atriz, o escritor disse, no Twitter, que "a informação de que Meryl Street vai ser Clarice Lispector não é verdadeira. Queria que fosse!".

Autora de clássicos da literatura brasileira

Benjamim Moser - que é também jornalista, crítico e tradutor -, encantou-se com Clarice Lispector (escritora que compara a Kafka e Spinoza) durante um curso de literatura brasileira na Brown University. Desde então, a escritora tornou-se para Moser uma paixão.

Numa entrevista à editora brasileira Cosac Naify, o biógrafo afirmou que que ficou muito impressionado ("Ainda estou!") com Clarice Lispector quando leu, pela primeira vez, um livro da escritora, "A Hora da Estrela", o penúltimo romance da escritor, que deu origem a um filme (1985).

Nascido em Houston, em 1976, Moser, que aprendeu a dominar a língua portuguesa, mergulhou na cultura brasileira do século XX para tentar desvendar a enigmática personagem que continua a ser Clarice Lispector mesmo passados mais de 30 anos de sua morte. O resultado lê-se na biografia "Clarice", que tem despertado o crescente interesse internacional pela autora de "A Hora de Estrela" e "A Paixão Segundo G.H".

Recorde-se que em abril de 2009, a Casa Fernando Pessoa promoveu em Lisboa o Colóquio Clarice Lispector, com conferências, debates, leituras, uma peça de tratro, visionamento de filmes, apresentação de uma fotobiografia da escritora e uma exposição/instalação dedicada à autora de "Perto do Coração Selvagem".



FONTE: http://aeiou.expresso.pt/cinema-sera-meryl-streep-a-fazer-de-clarice-lispector-video=f675034