Visite o SPIN

sábado, 8 de janeiro de 2011

A utilidade dos sonhos

Dr. Jorge, agora sei, os sonhos são como que recados ou espelhos, nesta noite sonhei ou olhei ou fui o spin jornalista Carlos Brandão, ele  me pediu um copo d´agua, lhe servi água natural e ele não quis, só servia gelada ou cerveja ou cevada e foi-se embora, deixando para trás a faxina, ele estava aqui em casa não como jornalista mas como spin faxineiro.

Noutro momento sonhei ou olhei ou fui W, spin higiênica, humana, nós descíamos a avenida Araguaia carregando uma panela de barro ou urna funerária de anjo em direção ao Mercado Central para comprarmos limão para acabar com o cc ou chulé ou fedor de peixe ou camarão.

Dr. Jorge, sim, vou seguir a receita, limão é bom prá tudo, o maltrato aos animais, até prá isso limão serve, não façamos mais isso, sim, fiz isso na infância, grande tolice, eu sei que muitos não gostarão desta imagem, como o meu amigo Ivan Moraes,  achei esta imagem por acaso, ao buscar na web imagens para entender o sonho desta noite, e deparei-me com isso que, para muitos, será uma imagem chocante,  trata-se de uma percepção de que não podemos  maltratar os animais ou a nós mesmos, um lembrete: ingerir água, outra mensagem ou lembrança desta noite
kd o acordo entre os sócios (indivíduos animais, humanos e jurídicos) que formam esta cidade-estado
?????????

Obrigado pelas visitas


Dr. Jorge,
vc viu ontem a audiência do spin, muito boa, veja só, à medida em que as pessoas vão visitando os links, os mesmos vão ficando azuis,  às 21:00 horas o spin estava assim, mais azul do que verde

A impressão que tive ao ver que o spin ficou colorido foi de que as pessoas quiseram saber de suas datas de aniversário no novo calendário

Atualização - 10:53

Tenho que ir, meus pais me esperam desde ontem, eu gostaria tanto de levar um presente para eles, agora que fazem parte do spin, muitas histórias para nos contar,

P.S.- Esqueci de dizer que vc deverá imprimir a imagem do spin mais azul do que verde, pode ser numa camiseta ou cartão de visita, assim vc estará divulgando esta obra quase acabada mas impossível de ser terminada, o perfeccionismo não permite, posso até deletá-la para começar tudo de novo, como fiz com as obras de todas as décadas.

Inté.